Quinta-feira, 26 DE Junho 2008

Os presos da cadeia de Vila Real optaram por dedicar-se à poesia. Eles apenas estão a passar para o papel, poemas que disseram durante anos nos assaltos. Eis um pequeno exemplo:

 

"Roubei-te

Agora abre alas

Se não te pões a pau

Levas com as balas."

publicado por Zé Luís às 16:21
Parece aquela do Bocage:
"O meu nome é Bocage
e venho do Nicola
vou para o Inferno,
se disparas essa pistola".

Gosto do blogue :)
João Cacelas a 1 de Julho de 2008 às 11:24

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
19
21
22
23
24
27
28
30
últ. comentários
Boa sorte, amigo feiticeiro, lol! e nunca digas nu...
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
blogs SAPO