Segunda-feira, 09 DE Abril 2007

A palavra Páscoa significa passagem. Esta celebração tem origem numa festa pagã em que celebravam a passagem do Inverno para a Primavera (as coisas que eu sei).

Para mim, esta Páscoa acabou por ter uma passagem de algo virtual ao real. Mas vamos por partes... sempre é melhor de entender.

Ontem, domingo de Páscoa a minha família foi dar uma volta para arejar as ideias. O giro passava por ir a um hipermercado fazer compras para ver se ainda estava activa a promoção em que ofereciam bilhetes para os jogos do Marítimo em casa, consoante um certo valor de compras. Como o Benfica é o próximo adversário, tenho que aproveitar. Mas como é normal com o meu pai, a rota alterou-se. Sempre que saimos de casa rumo a um destino, sofre alterações de última hora. Acabámos por ir a um centro comercial dar uma voltinha. Aqui é que o destino me pregou uma partida.

Pessoa que se preze de navegar na Internet, deve ter uma página no hi5 (já agora aqui fica o site:http://www.hi5.com). Como não podia deixar de ser, também tenho uma. Numa explicação rápida, o hi5 é como um ponto de encontro onde podemos ter a nossa própria página e organizarmos grupos com os nossos amigos ou outras pessoas quaisquer.

Até tem graça vermos outras pessoas e perdermos tempo a andar às voltas e podermos acabar por parar no outro lado do mundo. Numa dessas navegações pelo site, encontrei uma rapariga bem bonita. Como podemos deixar comentários nas fotos, não resisti e lá deixei o meu comentário em que a elogiava. Quando o fiz, nunca me passou pela cabeça que ela respondesse ou chegasse a vê-la ao vivo ... mas respondeu e vi-a. Agradeceu o comentário dizendo que eu tinha sido querido (pior seria se ela dissesse o contrário).

Mas no passeio de ontem aconteceu o impensável. No centro comercial estávamos eu e o meu irmão à espera da minha mãe e da minha irmã à porta de uma loja (isso é normal), quando se aproximou de mim uma mulher com uma rapariga. Ela simplesmente perguntou-me se eu tinha por hábito navegar na rede virtual. Simplesmente disse que sim, ao que ela disse que a sua filha me tinha visto. Meio atrapalhado, disse que possivelmente ela teria me visto. Aí fiz um raciocínio rápido e cheguei logo à conclusão de quem seria. Não sei porquê, mas nem olhei muito para ela. Embora o que tenha escrito no comentário foi apenas um elogio, senti-me embaraçado. Devo ter corado, só espero que ninguém tenha reparado.

 

P.S.: Ela é (ainda) mais bonita ao vivo, do que em foto

publicado por Zé Luís às 10:30
Eu sei que é um perigo tentarmos conhecer os nossos amigos da NET, mas confesso que já tenho tido muita vontade de o fazer.

Não tenho página nesse site que referes. Tenho vários blogs. Dou-lhes orientações diferentes. Têm fases muito giras, outras que é um marasmo.

Obrigada pelo teu comentário. Tinhas razão. Já me expliquei melhor. Dei acesso a uma colega, porque queria escrever a história a meias com ela. Penso que o resultado poderia ser algo louco e muito engraçado. Ela não colaborou. Tenho que escolher outra pessoa, ou esquecer.
burro_do_aranha a 12 de Abril de 2007 às 13:59
Bem... mas que grande surpresa e coincidência ! Realmente é de ficar bué coradinho, mas o sorriso e o sol deve ter ajudado a disfarçar. Não?
Agora, fica atento, não há uma sem duas, nem duas sem três. A segunda não deve tardar.
Depois conta, está bem? Vou espreitando sempre por aqui ;)
Excelente fim-de-semana e beijinho para ti, da
Kiki
Kiki a 14 de Abril de 2007 às 12:27

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
últ. comentários
Boa sorte, amigo feiticeiro, lol! e nunca digas nu...
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
blogs SAPO