Sexta-feira, 21 DE Abril 2006

Eu prometi ir dando conta do que ia acontecendo. Porém esta semana foi calma, sem grandes coisas para contar. Tirando o facto do meu telemóvel ter tirado a semana para me "chatear", eu ter ficado na quarta-feira durante a tarde com duas colegas na sala de formação (bendito sejam os homens entre as mulheres) e hoje (sexta-feira)ter acontecido talvez a cena mais hilariante que me lembro desde que estou no Centro (já não é assim tão pouco), não aconteceu nada de extraordinário. Começando pelo princípio, o meu telemóvel achou de "arranjar" uma doença, no mínimo esquisita. Então não é que o "malandro" agora recebe e manda sms's e também recebe chamadas. O problema é quando é para fazer uma chamada, porque nunca sei quando é que ele está na "disposição" de a fazer. Às vezes, faz a chamada mas no mesmo instante, já rejeita o cartão. Fui à loja onde o comprei e realmente quem lá estava, disse que nunca tinha visto nada assim. Mais esquisito é o facto do cartão dar normalmente num outro telemóvel qualquer. E qualquer outro cartão dar no telemóvel. Como estamos na Primavera, com certeza que é um caso de alergia entre o telemóvel e o cartão. Passando  adiante, na quarta-feira fiquei com as duas colegas sozinho na sala de formação. Com as mulheres, só me surpreendo e foi o que aconteceu, pois uma das minhas colegas fez umas declarações "bombásticas" acerca de um "pseudo-amor". Passando a hoje (sexta-feira) aconteceu comigo talvez a cena mais hilariante desde que estou lá. Estavamos nós, eu e o meu colega a apanhar sol depoiso do almoço. Nesse mesmo espaço estavam também as meninas do curso de cabeleireira (sempre elas... qualquer dia ainda se tornam vedetas do meu blog). O namorado de uma das meninas do curso disse a outra menina que ela tinha se esquecido da saia. Realmente a saia era curtíssima. O meu colega podendo estar calado, não se conteve e disse que ela não tinha se esquecido da saia, mas que se ela quisesse tirá-la estava à vontade. Eu ri como há tanto não ria. À conta disto, fomos chamados de descarados pela rapariga da mini-saia (mais parecia um cinto). Embora quem tivesse dito a asneira foi ele, mas eu "apanhei" por igual. Depois uma das Técnicas do Centro de Formação também quis saber que história tinha sido aquela. Nós rimos e voltámos a ser chamados de descarados. Nunca pensei que isto me acontecesse mas até foi divertido. Esta semana acabou "em grande" , já que a minha sociedade com o meu colega começou a dar lucro (pelo menos está melhor do que as SAD's de futebol).

publicado por Zé Luís às 20:07
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
19
20
22
23
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Boa sorte, amigo feiticeiro, lol! e nunca digas nu...
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
blogs SAPO