Quinta-feira, 24 DE Abril 2008

Esta frase ficou famosa pela boca do jornalista Baptista Bastos (se bem que com outra data). E eu respondo como geralmente respondem aqueles que ainda não eram nascidos: "estava no... do meu pai." Mas a verdade é que me lembro onde estava no 26 de Abril de 2007.

Pois é, é daqueles dias que nunca mais esquecerei, por mais tempo que viva. Como já referi noutros posts, foi passar do paraíso ao inferno, literalmente. Sair do lugar de estágio com uma possibilidade de emprego e acabar numa cama de hospital, não lembra nem aos maiores mestres do drama e do terror.

Foi um dia de horror que acabei por ter uma alegria ao estilo humor negro: só fracturei uma perna (inicialmente pensei que tinham sido as duas).

Não ganhei o emprego, mas ganhei umas férias prolongadas no hospital. É a vida.

 

publicado por Zé Luís às 12:14
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
17
20
21
22
23
25
26
27
últ. comentários
Boa sorte, amigo feiticeiro, lol! e nunca digas nu...
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
subscrever feeds
blogs SAPO
Olhe as horas, para não perder pitada do jogo
relojes web gratis
Web Counter
No Faxing Payday Loan