Quinta-feira, 26 DE Abril 2007
E pronto!!! Lá estamos em plena campanha eleitoral para eleger uma nova Assembleia Legislativa Regional da Madeira.
Sempre podemos dizer que a ilha está mais colorida com os enormes cartazes de propaganda. Mas se olharmos com atenção e reflectirmos sobre os slogans, chegamos à conclusão que os políticos só querem ajudar a melhorar de vida… a eles próprios.
Começando pelo partido do governo, um enorme cartaz com o seu líder de mão virada para o horizonte e a dizer:”Pelos direitos dos madeirenses. Contra a injustiça”. Quando olhei para aquilo, fiquei com a sensação que o homem quer dar uma de Robin dos Bosques. Mas será que ele vai roubar aos ricos para dar aos pobres? Não me parece. Em geral fazem sempre o inverso. Mas há uma primeira vez para tudo.
Passando ao maior partido da oposição, o enorme cartaz com a cara do líder e com a frase:”A Madeira vai ganhar”, só me faz pensar que ele tem razão no slogan. É que se ele ganhar, as cores do Governo Regional ficam iguais às do governo central. E aí, possivelmente a tão badalada Lei das Finanças Regionais ia à vida e a Madeira ganhava mais uns milhões. Mas a frase:”Estamos Preparados” é de morrer a rir. Só me faz lembrar aquela anedota do rapaz que estava na Universidade e teve más notas. Escreveu um telegrama à mãe onde dizia:”Tive más notas. Prepara o pai”. Depois recebeu como resposta:”Pai preparado. Prepara-te tu”. Às tantas, o cartaz tem o mesmo significado que o telegrama que o rapaz recebeu como resposta.
O partido centrista tem uma frase humorística ao afirmar: “Sócrates tira milhões. Jardim brinca às eleições”. Brincando com as rimas, este partido resumiu o que realmente se passa nesta ilha neste momento. Mas esqueceu-se do que tem “dentro de casa”. Realmente estas eleições até podem ser uma brincadeira, mas eles também andaram a brincar às eleições entre eles. Só assim se explica o reassumir de liderança do seu líder.
O BE é muito inovador. Propõe-se a falar verdade. Se isso vier a acontecer, será um grande passo em frente digno de registo, pois nunca vi ninguém falar verdade na política. Ou melhor, os que falam não interessam.
O PCP é um caso de “ignorância”, pois nos seus gigantescos panfletos escreveram:”O voto que conta”. Fiquei com uma dúvida. Será que votando nos outros partidos, o voto não irá contar na mesma? É um caso a ser investigado.
O novo partido de Manuel Monteiro brinca com o assunto ao ter como frase forte:”Vamos podar o jardim”. Toda a gente quer arrancar o jardim, mas estes são mais suaves, pois apenas pedem que seja desbastado. É uma atitude sensata. Arrancar uma coisa com muitos anos, não é assim tão fácil.
Finalmente temos o MPT que é discreto e anda apenas a defender as minorias. Tem razão no que diz e faz. Mas se o Governo disser que não, vai tudo por água abaixo. É um esforço inglório.
E é assim que temos estas “grandes” eleições. Só nos resta levar com isto e votar.
publicado por Zé Luís às 10:18
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
últ. comentários
Boa sorte, amigo feiticeiro, lol! e nunca digas nu...
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
subscrever feeds
blogs SAPO