Quarta-feira, 29 DE Novembro 2006

Os treinadores de futebol deviam ter um monumento em sua honra. Todas as épocas repetem-se as mesmas histórias. Entram com um objectivo delineado, mas basta um pequeno desvio em relação à rota traçada, lá vai o mártir do futebol para o "Desemprego Futebol Clube" (é o mínimo que podem ter em situações assim).

Alguns dos clubes do panorama futebolístico português são autênticos cemitérios de treinadores. Uns conseguem a proeza de despedir o treinador antes de começar a época (FC Porto quando despediu o Del Neri em pleno estágio de pré-época), outros têm plantéis dignos de um qualquer lar de idosos e o treinador paga "as favas" (União da Madeira SAD da 2ªDivisão).

Há clubes que deviam fazer um monumento ao "Treinador Desconhecido". Tantos são os treinadores que passam por esses clubes, sem o mínimo de glória que certamente a placa de memória aos treinadores seria muito maior que aquela que homenageia as vítimas do 11 de Setembro (aqui fica a minha homenagem a essas vítimas do terrorismo).

Mas nem sempre os treinadores são as vítimas. Algumas das vezes, o treinador faz-se de vítima, ou melhor, não sabe fazer outra coisa senão ser vítima. Treinadores como Vítor Urbano, Fernando Festas, Vítor Manuel, Eduardo Luís são apenas autênticas bolas de pin-pong que  começam a época num clube mas com um bocadinho de sorte conseguem passar por 3 (ou mais) clubes nessa mesma época.

É assim a vida de um treinador de futebol, transformado numa bola de ténis-de-mesa (grande redução no tamanho da bola), sempre jogado de um lado para o outro...

 

 

publicado por Zé Luís às 14:36
Segunda-feira, 20 DE Novembro 2006

Bem, o Benfica encarregou-se de não deixar os seus créditos por mãos alheias e levou mais 3 golos num só jogo. Para o adepto sério e sisudo, é motivo de preocupação. Para os mais descontraídos e fãs de estatísiticas (como eu), olho para o quadro dos jogos e reparo simplesmente que por 7 vezes (número mágico esta época), o Glorioso sofreu 3 golos.

Tem uma explicação muito lógica e que é a seguinte: muita gente apela para que o desporto devia ser didáctico e o futebol não foge à regra. O Benfica como maior clube mundial em termos de sócios, decidiu ser pedagógico. Resolveu ensinar a tabuada do 3. A lição já chegou ao "3 X7", pois são estas as vezes em que sofreu este número de golos.

Mas os encarnados acabam por dar a lição em versão duplicada, já que também por 7 vezes marcou três golos num só jogo (por duas vezes até marcou 4).

No entanto, os favores à sociedade não se ficam por aqui, já que com tanto apelo ao "futebol espectáculo",  a equipa encarnada decidiu jogar um futebol desgarrado. Em 23 jogos esta temporada (incluindo particulares e Liga dos Campeões), os jogos renderam 66 golos, dando uma média de 2,86 golos por jogo. Agora digam lá que o Benfica não é importante para o país.

publicado por Zé Luís às 10:04
Sexta-feira, 10 DE Novembro 2006

Na Quarta-feira passada, fomos ao Teatro ver a peça "Os herdeiros da Lua de Joana", baseada no Livro "A lua de Joana". É muito comovente e também é um grande apelo à consciência de todos. Mas depois da peça de teatro, comecei eu a fazer o meu próprio "teatro".

Como combinado, a carrinha foi buscar-me ao Teatro. Ao entrar para a carrinha, a motorista disse-me que no dia seguinte iria trazer-me ao curso mas que eu teria que ficar no Lar do Centro, pois não faria a viagem de tarde porque eu era o único que teria aulas (efeitos da greve). Aqui começou a "engenharia" do meu plano. O objectivo era simplesmente não ter que ficar no Lar e também não faltar a nenhum dia da Formação.

O raciocínio foi simples: como ela vinha trazer-me num dia e buscar-me no outro, a primeira coisa a fazer era passar a viagem do dia seguinte em que ela ia buscar-me para de manhã.

O passo seguinte era convencer o meu pai a ir buscar-me nos dois dias de greve. Cheguei a casa, falei com ele. Como tem um "coração de ouro" (tem dias), não disse que não. Resumindo, o plano armado em menos de meia-hora era somente isto: a carrinha da Fundação levava-me para o Funchal e o meu pai trazia-me. Resultou em pleno. Eu sei que podia ter ficado no Lar, mas naquele momento não era uma ideia muito apetecível.

Foi um plano genial, eu sei mas foi o possível com tão pouco tempo para pensar. Se todos os planos fossem feitos assim, o mundo estava perdido. 

.

publicado por Zé Luís às 14:48
Segunda-feira, 06 DE Novembro 2006

Quando perdemos a veia imaginativa (esta veia tem direitos de autor) , ficamos sem saber o que escrever. Já tem quase um mês que não escrevo nada no blog e continuo sem ideias. É  mau demais esta falta de imaginação. O futebol é sempre a mesma coisa, são roubos de um lado e do outro. Já não tenho paciência para comentar. A minha vida pessoal "encalhou", não há nada de registo. A política é o défice e pouco mais. O "Zé Povinho" é que paga. Já nem pode adoecer que paga 5 € por dia. 

O Sócrates quer abater o défice de qualquer jeito. Portagens nas SCUT, na porta do emprego, na porta de casa de cada português, tudo serve para contar trocos. Tudo junto dá milhões,  necessários para pagar pensões vitalícias a deputados que "dormiram", quer dizer trabalharam na AR durante 12 anos. É o país dos brandos costumes em que o rico explora o pobre. Era de surpreender se fosse o contrário. Mas assim é normal, já que como portugueses, não gostamos de surpreender pela negativa. Ou melhor não gostamos de dar nas vistas...

publicado por Zé Luís às 15:04
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
30
últ. comentários
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
Serviço público, eu vou-te dar o serviço público, ...
subscrever feeds
blogs SAPO
Olhe as horas, para não perder pitada do jogo
relojes web gratis
Web Counter
No Faxing Payday Loan