Sexta-feira, 28 DE Outubro 2005
Que o nosso país está à beira da desgraça, toda a gente sabe. Não nos faltava mais nada, agora os candidatos à Presidência da República parecem a "Cambada do Reumático". O único que se salva é o Louçã, é mais novo. Serve de "muleta" a algum que precise. Sempre pode amparar.
Mas há mais. O Partido Socialista é tão bom, que nos dá a escolher entre o Manuel Alegre e o "avô" Mário Soares. Oficialmente o candidato do PS é o octogenário (quem não souber quem é, procurem pelo BI dos dois). No fim de contas, estão a "assassinar-se" um ao outro, pois estão a mostrar as divergências no seio do Partido.
Ainda apareceu um candidato a candidato, mas como apareceu, desapareceu. Ele também não precisava de mais projecção, ser advogado do Bibi é suficiente para o país conhecê-lo. Sempre ajudava a baixar a média de idades que anda bem acima dos 60 anos. Se assim é, porque é que na Constituição Portuguesa está escrito que todos os cidadãos com mais de 35 anos podem candidatar-se? Olhamos e só vemos gente perto dos 69...anos ou mais (muito mais num caso em particular). O Manuel João Vieira, vocalista dos Ena Pá 2000 é que mostraria como é que o país andaria para a frente, de uma maneira anarquista, mas também não se perderia nada. Anarquia é coisa que não falta por estes lados. É com isto que temos que viver. Pelo menos estamos entretidos com estas candidaturas e o que nos vale é que o doutor Mário Soares não precisa de óculos para ler os discursos. É um bom atributo para ser Presidente, não?
publicado por Zé Luís às 17:53
Quarta-feira, 26 DE Outubro 2005
Quem diria que um clube que estava há uns anos atrás nos Campeonatos Regionais, agora é um "intermediário" que interfere no rendimento de uma equipa da principal Liga Nacional? Pois é, o consentimento por parte da Associação Desportiva Pontassolense para adiar o jogo da Taça com a Naval 1º Maio, levantou uma "pequena tempestade" entre o Ronald Koeman e Manuel Cajuda.
Acabo por constatar que um dos clubes do meu coração "lixa" o outro. Assim a Naval 1º Maio terá mais tempo de recuperação antes do jogo do próximo sábado contra o ...Benfica.
Também não admira que a A. D. Pontassolense acedesse ao pedido, pois o presidente do clube é sportinguista. Qualquer coisa que ajude a prejudicar o principal rival do Sporting é bem-vinda. Mas não será por isso que o Glorioso perderá sábado...ou será?
publicado por Zé Luís às 17:17
Quarta-feira, 19 DE Outubro 2005
As telenovelas são dos programas mais vistos na televisão portuguesa, seguramente. Só assim se explica o facto da TVI "sufocar-nos" com telenovelas antes e depois do jantar. Como aperitivo apresentam-nos "Olhos de Água" (eu prefiro chamar "Bolhas de Água" até porque só há choros e gotas de água no genérico). Uma novela que já não é nova e é ao bom estilo mexicano, com duas irmãs gémeas separadas à nascença que depois reencontram-se. Como não podia deixar de ser, uma é rica e a outra é pobre. O único que se salva nesta "soap opera" é a história de amor entre duas pessoas especiais, de resto é igual a todas as outras.
Depois deste martírio, levamos com os "Morangos com Açúcar" e os D'ZRT (Sobremesa à portuguesa). Não é má a série, mas aquilo não é mais nem menos do que uma cópia do "New Wave" da SIC. Também é sempre a mesma coisa, há um par principal e há sempre uma "ranhosa" quer dar cabo da relação.
O " Mundo Meu" é mais uma cópia do "Anjo Selvagem" de há uns anos atrás. É uma rapariga pobre que vai trabalhar para casa de uns ricos e voilá... apaixona-se pelo filho dos patrões. Quem diria que ia acontecer isto?
Depois de tanto engolir novelas, chegamos ao fim do dia com "Ninguém como tu" que parece mais uma série baseada num livre de Agatha Christie, pois temos um assassino (um assassinado também) e um grande mistério à volta disso. A TVI fala disso como se fosse um segredo de Estado... haja paciência para aturar estas baboseiras.
Concluindo, as novelas começam todas da mesma maneira e o argumento certo para conquistar audiências começa assim: uma rapariga pobre que vai trabalhar para casa de uma família rica e apaixona-se pelo filho do patrão (porque raio ela não se apaixona pela filha?). Se ela tiver uma deficiência qualquer ajuda às audiências, garantidamente.
Algumas vezes, descobrem que a rapariga é que é filha dos patrões e o suposto filho, afinal só é filho do capataz e da cozinheira (também pode ser do jardineiro, consoante o meio).
Agora fica a questão: Porque nos damos ao trabalho de ver novelas, se elas começam e acabam todas da mesma maneira? Gostaria de ver uma novela em que acabassem todos à estalada, pelo menos seria diferente.
Que saudades da TVI de há sete anos atrás, podia estar falida, mas pelo menos não morríamos de tédio.

P.S:Não vejo novelas. Isto é só o que oiço dizer:)
publicado por Zé Luís às 16:24
Segunda-feira, 17 DE Outubro 2005
É um novo termo da língua portuguesa e não é mais do que a junção de daltónico com com parvoíce. É uma palavra esquisita que eu inventei (já faço de tudo, até invento palavras). Contudo tem uma razão de existir no mundo do futebol (sempre ele). Depois do que se assistiu neste fim-de-semana, só podemos concluir que há pessoas daltónicas ou parvas (ou querem fazer dos portugueses parvos).
No sábado, foi o Sr. Co ( ou Cu, nem sei ao certo) Adriaanse que pôs o país todo por parvo e mentiroso. Diz que não viu lenços brancos nenhuns nas bancadas do Dragão. Das duas uma, ou é cegueta ou não quer ver. Dizem que o pior cego é aquele que não quer ver. Provavelmente será isso. Depois sendo interrogado pelos jornalistas disse que os lenços brancos foram mostrados pelos adeptos encarnados. O homem não deve conhecer as cores, ou então baralha-as por ser daltónico. Para concluir esta brilhante tirada, ainda desmentiu que alguma vez tivesse dito que iria embora se visse lenços brancos. Ora como ele não viu, não pode ir embora. Sendo assim, esta "embrulhada" faz sentido.
O outro caso é o Sr. Peseiro que também sofre de "Daltonice". Há várias semanas que lhe mostram os lenços (alguns parecem lençóis) e não há maneira do homem enxergar. Mas pelo menos este respeita o povo português e não faz de nós parvos ao desmentir o que todos vêem e ouvem. Este faz-se de parvo ( ou será esperto?) e não se demite. Ele parece seguir a máxima "Mais vale ser criticado que esquecido". Pelo menos toda a gente fala dele. Mal, mas falam.
O Koeman também sofreu de parvoíce, mas aparentemente curou-se. Só espero que não tenha nenhuma recaída depois de ter morto um "borrego" com 5284 dias. Acreditamos que o campeonato será nosso se não houver recaídas da "parvoíce", coisa que acontece a muitos treinadores. Porque será?

P.S: Faz hoje precisamente 4 meses que curei-me da minha "Daltonice" (tb tenho direito a cair na tentação, não?)
publicado por Zé Luís às 16:20
Sábado, 15 DE Outubro 2005
Um título sugestivo para dizer uma grandessíssima asneira. Pois é, lá foram os três... primeiros meses de vida do blog. Nada de asneirices, só coisas sérias. Já falei de tudo um pouco, de política, de futebol e até de sentimentos... parvos.
Em geral, dizem que quando não há assunto de conversa, falamos do tempo. Como não tenho nada para "confessar", digo que lá veio a chuva. Para os agricultores é uma benção, para as pessoas da cidade é um incómodo (têm que andar de galochas, sem terem terrenos para regar). Como sou camponês (vivo numa zona rural), eu sou dos que acham que a chuva é essencial. Apesar de estar rodeado por água em todo o lado e dizerem que a nossa ilha é rica em água, tendo no seu interior 200 milhões de metros cúbicos (muita cultura da minha parte lol), sou da opinião que se não chover, poderemos ter seca, rodeados de água (lindo contraste).

P.S: Quando acabei de escrever este post, estava a dar uma grandessíssima chuvada (para não me esquecer que choveu).
publicado por Zé Luís às 15:05
Segunda-feira, 10 DE Outubro 2005
O fim de semana foi pródigo em acontecimentos como a vergonha da selecção portuguesa. As pessoas idosas dizem que o mundo acabará quando acontecerem coisas esquisitas e nestes dia só aconteceram coisas anormais. Só podemos considerar anormal o facto de Portugal defender o resultado contra o Liechenstein. Caso contrário, a classificação da FIFA está muito errada e nós somos muito inferiores ao que todos julgam. Quem tem um guarda-redes daquele calibre, só pode lutar contra equipas do 100º lugar para baixo. A culpa até nem é dele, é do teimoso do Scolari. Aquilo já nem é teimosia, é mesmo burrice.
Não se ficam por aqui as aberrações. Passando para outro assunto, as Eleições Autárquicas também tiveram a sua parte de esquisito. O PSD ganhar a nível regional não teve nada de esquisito. O facto da votação na Ponta do Sol ter sido vencida pelo PSD por pouco mais de 200 votos já é esquisito. Foi a votação mais equilibrada desde que me lembro e o ti Jardim "safou-se" de ter que aturar uma Câmara de uma outra cor política. Para ele seria um autêntico martírio e passaria o resto do mandato a fazer as suas habituais ameaças.
Para acabar o fim de semana em beleza, uma tempestade tropical. O mundo está todo ao contrário, já temos dreito a uma tempestadezinha dos trópicos. Foi uma autêntica aberração, nascer uma tempestade no mar dos Açores.
Por estes factos, só podemos concluir que o mundo está perto do seu fim.
publicado por Zé Luís às 18:52
Quarta-feira, 05 DE Outubro 2005

Hoje em dia, o amor virtual está a tornar-se em algo banal. Em cada esquina, encontrámos alguém que se apaixonou por alguém que está do outro lado do oceano. Aqui também não é difícil acontecer, pois estamos rodeado de água por todo o lado. Mas voltando ao assunto, até aqui na minha pequena terra, já conheci um caso de um amor virtual que acabou num encontro. A questão é saber se aquilo terá pernas para andar. "Pernas" é mesmo o termo exacto e já explico porquê. Por enquanto, as coisas estão a correr...mal. O apaixonado sofre de uma patologia qualquer e ao que parece, nem ele sabe o que é. Resultado disso, por vezes perde as forças nos membros inferiores e cai. Como é de supor, não acredito que ele tenha contado esta parte da história através da net. Agora é só esperar, ver aquilo onde irá parar. Mas uma coisa é certa, para criar uma relação "virtual" seja ela de que tipo for (amizade ou algo mais), é necessário no mínimo muita sinceridade e honestidade e mesmo assim... enfim, cada um tira as suas conclusões.

publicado por Zé Luís às 17:58
Terça-feira, 04 DE Outubro 2005

Que o Dias da Cunha não percebe nada de futebol, todos nós já sabemos. Agora que não perceba nada de como proteger alguém de tornar-se martir (ou carne para canhão) é outra história. A teimosia de continuar com o José Peseiro não beneficia ninguém, começando na Direcção e acabando no "mártir" de serviço. Há muito tempo que todos sabem que o plantel não respeita o treinador, e quando assim é, está tudo estragado. O Rochemback, Liedson e Polga foram os casos mais flagrantes de desrespeito ao "mister" (palavra estúpida, porque não utilizei a palavra "treinador"? ). A Capital do Móvel tornou-se na Capital do... Imóvel, pois os adeptos leoninos tornaram-se autênticas estátuas, ficando em estado de choque. Bem, não ficaram bem no estado de choque já que houve movimento suficiente para abanar mais uns lenços brancos e chamar mais uma cambada de nomes ao sacrificado do Peseiro. A SAD como "boa cobertura" que é, pira-se 10 minutos antes do jogo acabar e deixam jogadores e equipa técnica entregue à sua própria sorte (e à "boa vontade da massa associativa em deixá-los sair) . Depois aparece o homem que não percebe nada de futebol ("vocês sabem de quem estou a falar", como dizia o Octávio Machado), a dizer que o sistema é que tem a culpa...Santa paciência. O melhor a fazer (na minha humilde opinião) é pôr toda a Direcção no olho da rua e começar tudo do zero. Por outro lado, há a hipótese de continuarem a afundar-se, durante mais umas semanas. Eu e a massa associativa Benfiquista agradecemos.

publicado por Zé Luís às 16:08
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Outubro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
16
18
20
21
22
23
24
25
27
29
30
31
últ. comentários
Este post já é antigo mas faz todo o sentido! Para...
Era perfeito! Mas não sendo possível, pode ser que...
É! Pelo menos desta vez não houve aquele sofriment...
olá, ... olha tens um desafio no meu blogue para c...
Olá, venho aqui hoje, pra te colocar um desafio, o...
Também acho que tens razão, acima de tudo esses ac...
ahahah está certo!
Hum... não se se ele vai conseguir acabar lá. Quer...
pois, azul e preto há é branco que quero dizer, é ...
Serviço público, eu vou-te dar o serviço público, ...
subscrever feeds
blogs SAPO
Olhe as horas, para não perder pitada do jogo
relojes web gratis
Web Counter
No Faxing Payday Loan